Vale a pena investir na segunda graduação?

Por | Social Media na Uníntese |


Milhares de pessoas todos os dias se perguntam se vale a pena investir na segunda graduação. De imediato, podemos responder que sim!

Existem ótimos motivos para que você invista numa segunda faculdade, e nós vamos listar alguns neste texto. Aliás, se o seu caso é o mesmo de muita gente que sonha em ter outra carreira, não deixe de ler até o fim.

Investir na segunda graduação: vale a pena?

Digamos que você se formou anos atrás e percebeu que aquela área não o satisfaz como profissional. Ou ainda que a profissão perdeu destaque e não ter perspectiva para o futuro.

O que fazer nesses casos?

Muitas pessoas estão buscando uma segunda graduação. Embora a mudança de área de atuação não seja uma decisão fácil, sobretudo para quem está trabalhando. No entanto, essa transição pode ocorrer de forma gradual, sem prejuízos.

Anos atrás, era comum a pessoa concluir o ensino médio, batalhar para passar num vestibular, muitas vezes mudar de cidade, se dedicar 4 a 6 anos à faculdade e só depois buscar emprego.

Os tempos, no entanto, mudaram, e hoje é possível fazer um curso de graduação sem precisar sair de casa. Uma formação de tecnólogo, na maioria dos casos tem de 2 a 3 anos de duração apenas. Essa titulação é uma das formas de ensino superior, bem como licenciatura e bacharelado. A diferença é que a formação tecnológica tem como foco os aspectos práticos da profissão, com menos teoria do que a licenciatura ou bacharelado.

Vantagens de fazer a segunda faculdade

Investir numa segunda graduação tem uma série de vantagens. Confira algumas delas:

– Amplia as chances profissionais

Concorda que uma pessoa com 2 diplomas tem, pelo menos, o dobro de chances na profissão? O currículo de alguém que tem 2 formações demonstra que a pessoa está em busca de atualização, novos caminhos e essa determinação é muito bem vista por recrutadores.

– Possibilidade de fazer um curso com alta empregabilidade

É normal que determinadas formações tenham menos ou mais empregabilidade. Isso depende das necessidades do mercado de trabalho. Muitas profissões perderam a relevância com o passar do tempo. Por isso, investir na segunda formação permitirá você escolher um curso cujo profissional terá boa empregabilidade no futuro. Alguns exemplos de cursos tecnólogos que oportunizam ótima empregabilidade são: Gestão Comercial, Marketing, Gestão Financeira, Processos Gerenciais, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, além de Gestão de TI.

Em todas essas áreas, sobram vagas e faltam profissionais capacitados para atender às necessidades das empresas.

– Oportunidade de consolidar uma nova carreira

Muitas vezes, quando temos que escolher a formação que queremos seguir não temos a maturidade suficiente para uma decisão assertiva. O resultado vem anos depois, com uma carreira que não nos atende como planejado.

Ao escolhermos a segunda graduação de forma mais madura, já temos um conhecimento de mundo e de mercado de trabalho. Essa experiência aliada a um curso com uma área de boa empregabilidade podem ser as chaves de uma carreira de sucesso.

Isso sem falar na motivação de estar iniciando em uma nova área, cheia de desafios e perspectivas. Sabemos que quando nos sentimos felizes, nossas chances de obter sucesso aumentam muito!

Conclusão

Sem dúvida, foi-se o tempo em que fazer uma graduação significava fazer renúncias. Hoje em dia os cursos EaD vieram para ficar, sobretudo no meio acadêmico.

Mudar de carreira é uma prática cada vez mais comum, muito por conta da insatisfação das pessoas com o rumo que suas carreiras tomaram. Um estudo, aliás, confirmou que mais de 80% dos trabalhadores brasileiros consideram a possibilidade de mudar de emprego.

As faculdades tiverem que se adaptar às novas tendências e oferecer possibilidades para que pessoas estudassem usando os recursos que a tecnologia oferece. Na Faculdade Uníntese, os alunos têm aulas através de uma moderna plataforma, que acompanha toda a trajetória de estudos. Também são oferecidos encontros on-line com professores e alunos. Além disso, o estudante também pode fazer cursar uma ênfase, que o deixará ainda mais preparado para atuar nas grandes empresas da atualidade.

Tudo isso, sem ter que sair de casa, e tendo o diploma em 2 anos – no caso de quem faz a ênfase, há um semestre a mais de aulas.

Sendo assim, você não precisa largar tudo que tem hoje para começar na nova área. Quem escolhe pela Faculdade Uníntese sequer precisa ir a um polo presencial.

Comece a segunda graduação, aprenda o máximo sobre a área e dê início a suas pesquisas sobre onde quer trabalhar.

Faça essa migração aos poucos, com os pés no chão e sobretudo com os olhos abertos para as oportunidades. Temos certeza de que com dedicação e motivação, ninguém te segura nessa nova etapa da vida.

Por fim, que tal dar uma olhada no que os cursos da Faculdade Uníntese oferecem? Você certamente vai se surpreender com as possibilidades que são oferecidas. Clique nesse link e descubra agora mesmo!